Como estudar para Exames

Frequentemente me perguntam: Como estudar para as provas? Essa pergunta realmente coloca a carroça na frente dos bois porque a maneira eficiente de estudar para as provas é fazer sua lição de casa na hora, fazer perguntas em aula e aprender as informações conforme são ensinadas, não apenas memorizar na noite anterior. Existem maneiras fáceis de fazer essas tarefas, mas este artigo assumirá que você tem um teste amanhã e precisa de ajuda agora!

Como o cérebro funciona

Para maximizar seu tempo de estudo, é útil saber como seu cérebro funciona. A coisa mais importante que seu cérebro faz para aprender novas informações é conectar novos conhecimentos a conceitos que você já conhece. Por exemplo, você deve saber sobre terremotos antes de entender a Escala Richter. O processo de conexão é vital! Quando você luta para aprender novas informações, geralmente é porque não consegue fazer uma conexão com algo que já entende. Se você experimentou um momento em que algo finalmente clicou, esse foi o momento em que seu cérebro fez uma conexão.


As conexões ajudam você a aprender novas informações, mas as imagens visuais ajudam a recuperá-las. As imagens visuais são ferramentas poderosas para melhorar a memória porque os cérebros tendem a pensar em imagens. Imagens, gráficos, mapas e símbolos ajudam seu cérebro a ver novos conceitos, ver a relação entre conceitos e fornecer uma imagem para conectar novas informações.

Em seguida, seu cérebro se lembra melhor dos primeiros e últimos; as primeiras frases que você lê, os últimos comentários que seu professor disse, etc. Por exemplo, como um professor está dando uma palestra em sala de aula, é comum ouvir os primeiros minutos antes de cair em devaneios. Eventualmente, você sente que a palestra está prestes a terminar, então você volta a prestar atenção e pega as últimas frases. Por causa disso, você pode aprender tanto em três sessões de estudo de 30 minutos quanto em três horas seguidas de estudo.

Finalmente, seu cérebro deve ser saudável para ser eficiente. Sono, nutrição e hidratação adequados ajudam você a pensar com clareza enquanto estuda e faz o teste.

Então, como você estuda para esse teste?

Plano de acção

Passo 1: Conheça o formato do teste. Pergunte ao seu professor ou ligue para um amigo, mas você precisa saber se está se preparando para perguntas de múltipla escolha ou dissertativas.

Passo 2: Recolher todos os trabalhos de casa, folhas de trabalho, apostilas (você guardou tudo isso, não é?), e notas sobre o material testado. Crie dois grupos de trabalhos separando questionários e tarefas avaliadas.

Passo 3: Abra seu livro-texto nas secções testadas e leia as figuras, gráficos e diagramas; olhe para cada um, leia as legendas e pergunte a si mesmo: O que é essa imagem? Por que está aqui? O que aprendi sobre isso na escola? Essas perguntas de conexão refrescam sua memória de palestras e actividades de aula e ajudam seu cérebro a anexar novas informações de suas anotações e folhetos.

Passo 4: Faça um breve intervalo de estudo de 2 a 4 minutos a cada 30 minutos. Tome uma bebida, faça alguns polichinelos ou faça um lanche rápido para refrescar seu cérebro.

Etapa 5: revise seu pacote de testes e tarefas avaliadas. Esses são ouro! Preste muita atenção a todas as perguntas que você originalmente errou. Descubra as respostas corretas e certifique-se de entender seus erros. Leia todas as outras perguntas, notas e diagramas nesses papéis. Ao ler cada problema ou parágrafo, pare e pense em uma conexão com um dos recursos visuais do seu livro.

Passo 6: Crie uma folha de dicas de 5 × 8 polegadas. Certamente, não estou sugerindo que você realmente trapaceie, mas criar uma folha de dicas enquanto estuda é um ótimo processo de aprendizado. No ensino médio, um professor nos deixou usar um cartão de anotações de 5×8 polegadas ao fazer os testes. Pensamos com muito cuidado sobre as informações que poderíamos precisar antes de escrever qualquer coisa. Curiosamente, raramente olhávamos para o cartão ao fazer o teste porque o processo de pensar sobre o que era mais importante e depois anotá-lo nos ajudou a lembrar das informações.

Etapa 7: revise seus folhetos e anotações restantes. Primeiro, olhe para os recursos visuais nestas páginas. Em seguida, leia os títulos e subtítulos de cada apostila e transforme-os em perguntas. Leia o texto para ajudá-lo a responder suas perguntas. Essa estratégia ajuda você a identificar pontos-chave e pensar no modo de pergunta, que é o que você fará na prova.

Passo 8: Leia sua folha de dicas. Agora que você revisou todos os seus recursos de estudo, você deve memorizar itens importantes, como definições, fórmulas, datas importantes, os cinco elementos-chave ou as três coisas mais importantes sobre Criar possíveis perguntas de teste a partir das informações em sua folha de dicas , então responda a eles. Faça conexões com coisas que você já conhece, atividades de classe, imagens do livro-texto ou até mesmo coisas bobas (como Nunca Coma Trigo Desfiado para lembrar a ordem horária de norte, leste, sul e oeste).

Passo 9: Tenha uma boa noite de sono. Coma um bom café da manhã. Beba água para manter o cérebro hidratado.

Passo 10: Leia sua folha de dicas logo pela manhã. Leia-o novamente no ônibus e pouco antes de seu teste. Então, RETIRE-O (não é uma folha de dicas de verdade) e relaxe. Você se sairá muito bem!

Para concluir

Enquanto estuda, siga estas dicas:

– Conheça o formato do seu teste.
– Reúna todos os recursos de estudo. Preste atenção aos problemas errados em testes/quizzes anteriores.
– Leia os recursos visuais em seu texto e em seus folhetos.
– Crie uma folha de dicas com informações importantes para memorizar.

Aproveite o processo de aprendizado natural do seu cérebro conectando novas informações às antigas, estude recursos visuais, faça pequenas pausas de estudo a cada 30 minutos e durma, beba e coma bem.


Enviar um comentário

0 Comentários